Autoeuropa utiliza porto de Leixões para escoar carros

A Autoeuropa está a utilizar o porto de Leixões para escoar a produção de carros que são fabricados em Palmela.

De acordo com o jornal Negócios, a empresa em questão viu-se obrigada a fabricar automóveis inacabados, devido à crise de “chips”. Estes automóveis incompletos foram sendo estacionados, de forma temporária, no exterior da empresa.

Pouco tempo depois, o porto sadino já não tinha espaço suficiente para os automóveis do grupo alemão Volkswagen e, por isso, foi necessário recorrer a outros parques em Setúbal e Lisboa.

Agora, a produção aumentou e o ritmo acelerou, o que levou à incapacidade de albergar todos os veículos inacabados. A solução que a Autoeuropa arranjou foi recorrer ao porto de Leixões para transportar e escoar os carros.

Fonte oficial disse ao jornal que o problema logístico existe já desde o segundo semestre de 2022, o que levou à decisão de “diversificar o escoamento, sendo que Leixões oferece boas condições para o efeito, pois tem capacidade “ro-ro”". 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024