Brasil: Pedido de empréstimo do coração de D. Pedro "é um eco autoritário de uma ditadura"

O historiador Laurentino Gomes considerou que o empréstimo do coração de D. Pedro, que foi rei no Brasil e em Portugal, solicitado pelo Governo brasileiro para celebrar os 200 anos da Independência do país sul-americano é um eco da ditadura militar. O executivo da Câmara do Porto vota esta segunda-feira autorização para a transladação temporária do coração de D. Pedro para o Brasil no âmbito das comemorações do bicentenário da independência daquele país.
Falando sobre o pedido de trasladação do órgão - guardado na Irmandade da Igreja da Lapa, no Porto - para as comemorações do bicentenário, o historiador brasileiro e autor de livros de grande sucesso (1808, 1822 e 1889) e da trilogia Escravidão lembrou que o coração ficou preservado em Portugal a pedido do antigo monarca, conhecido como D. Pedro I do Brasil e D. Pedro IV em Portugal, que conduziu o país sul-americano, antiga colónia portuguesa, à independência e cujo corpo se encontra na cidade brasileira de São Paulo.
“O coração do D. Pedro é preservado em condições muito delicadas, lá na igreja da Lapa, no Porto, e há um risco real. [O pedido de empréstimo] é um eco autoritário de uma ditadura, porque [na comemoração do aniversário dos 150 anos] era o auge da ditadura, em 1972, os militares trouxeram os restos mortais de D. Pedro para o Museu do Ipiranga”, frisou Gomes.
"Eles trouxeram o corpo, então, num gesto simbólico, vamos trazer o coração”
“Bolsonaro, que cultiva a ditadura brasileira, é um adepto da ditadura, é um homem autoritário, um misógino, preconceituoso, racista, tentou mimetizar os generais [da ditadura militar]. Eles trouxeram o corpo, então, num gesto simbólico, vamos trazer o coração”, acrescentou.
O executivo da Câmara do Porto vota na segunda-feira autorizar a transladação temporária do coração de D. Pedro para o Brasil no âmbito das comemorações do bicentenário da independência daquele país.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024
Há jazz sob as estrelas nos jardins do Palácio de Cristal
18/07/2024
Novos Tempos | A importância dos símbolos
18/07/2024
Exposição Visita-oficina orientada para os mais pequenos na Galeria Municipal
18/07/2024
Dois detidos pela prática ao crime de roubo contra o património
18/07/2024
Bilhetes para a Supertaça Cândido de Oliveira disponíveis esta quinta-feira
18/07/2024
Reabilitação de prédio em Campanhã para habitação acessível
17/07/2024
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024