Companhias não querem Porto e Beja como alternativas a Lisboa

Não houve qualquer registo de pedidos de utilização dos dois aeroportos para fazer face à saturação da Portela. 

Dezenas de voos são cancelados, por dia, no aeroporto de Lisboa, deixando milhares de passageiros em desespero, mas as companhias aéreas não encaram Beja ou o Porto como alternativa.
Apesar das dezenas de voos cancelados diariamente no aeroporto de Lisboa, as companhias aéreas não encaram Beja ou o Porto como alternativa: não houve qualquer registo de pedidos de utilização dos dois aeroportos para fazer face à saturação da Portela. De acordo com o “Jornal de Notícias”, durante a pandemia as companhias despediram funcionários e não estavam à espera de uma recuperação tão rápida, acabando por levar ao cancelamento de vários voos nas últimas semanas.
Com mais 500% de passageiros em Portugal e mais 1000% na Europa até abril (face ao período da pandemia), a ANA já reforçou meios, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras pessoal e a Navegação Aérea de Portugal já negociaram espaço aéreo com os militares. Inicialmente, a International Air Transport Association (IATA) previa a recuperação do tráfego aéreo apenas em 2024, mas agora estima que sejam atingidos 83% dos passageiros de 2019 ainda em 2022.
O próprio ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, dizia esta semana, no parlamento, que “ninguém previu isto”, referindo-se à a vaga de cancelamentos da TAP na Portela no último mês. "Vivemos um problema conjuntural que afeta toda a Europa e todo o mundo". Mais de 15 mil voos vão ser cancelados na Europa este verão, segundo consultoras especializadas.
Com mais 500% de passageiros em Portugal e mais 1000% na Europa até abril, as companhias que despediram pessoal durante a pandemia não esperavam a recuperação tão rápida que obrigou a ANA – Aeroportos de Portugal a reforçar meios, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras a reforçar pessoal e a NAV – Navegação Aérea de Portugal a negociar espaço aéreo com os militares.
A International Air Transport Association (IATA) previa a recuperação do tráfego aéreo apenas em 2024, mas agora estima que sejam atingidos 83% dos passageiros de 2019 ainda este ano. “Ninguém previu isto”, dizia o ministro das Infraestruturas, esta semana, no Parlamento, justificando a vaga de cancelamentos da TAP na Portela no último mês. Além disso, apontou, “vivemos um problema conjuntural que afeta toda a Europa e todo o mundo”.
Mais de 15 mil voos serão cancelados na Europa este verão, segundo consultoras especializadas: dois mil na Lufthansa, 10300 da British Airways, 10 a 20 voos por dia na KLM, entre outras. Na TAP, contabilizamos uma média de 20 voos cancelados por dia em Lisboa.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Moreira fortalece sinergias e relações bilaterais com o Kosovo
19/06/2024
HBO escolhe a cidade do Porto para filmar a série "Favàritx"
19/06/2024
U.Porto agracia Ilídio Pinho com o título Honoris Causa
19/06/2024
Acompanhe a regata marítima no próximo fim de semana
19/06/2024
Azores Airlines apresenta novas rotas do Porto para a América do Norte
19/06/2024
O São João é no Sport
19/06/2024
Sobrevoe o Porto nas asas de um dragão a partir da Rua Sá da Bandeira
19/06/2024
Homem detido por posse der soqueira e navalha no Aeroporto Francisco Sá Carneiro
19/06/2024
Moreira fortalece sinergias e relações bilaterais com o Kosovo
19/06/2024
HBO escolhe a cidade do Porto para filmar a série "Favàritx"
19/06/2024