Enfermeiros começam esta quinta-feira greve de duas semanas

Enfermeiros iniciam esta quinta-feira quase duas semanas de greve, que se prolonga até 2 de janeiro, para exigir a paridade com a carreira técnica superior da Administração Pública.

Segundo a presidente do sindicato, Gorete Pimentel, o tema chegou a ser levado ao Ministério da Saúde, que se comprometeu a resolver a situação até ao final do ano, mas a demissão do Governo deixou entretanto os enfermeiros sem resposta.

Na sequência da greve nacional decretada pelo Sindicato de Enfermagem SITEU – Sindicato Independente de todos os Enfermeiros Unidos do Continente e Ilhas, entre as 08H do dia 21 de dezembro e as 24H do dia 02 de janeiro de 2024, face à necessidade de manter as reservas de componentes sanguíneos estáveis e reduzir ao máximo a sua instabilidade, foi acordada a realização de serviços mínimos.

De acordo com os serviços mínimos fixados para o IPST pela DGAEP, os Postos Fixos dos Centros de Sangue e Transplantação de Lisboa, Porto e Coimbra estarão a funcionar e devem cumprir a previsão do planeamento, incluindo os dias de tolerância de ponto.

No que diz respeito às Sessões Móveis de Colheita, estas decorrerão dentro do período previamente fixado, mas as inscrições terminarão 30 minutos antes do seu término.

Está acordado também com este Sindicato que as sessões de colheita devem encerrar logo que tenha sido atingido o n.º previsto de dadores, neste caso regressando de imediato a equipa ao respetivo Centro de Sangue e Transplantação.

A paralisação foi convocada pelo Sindicato Independente de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU), que reivindica aumentos salariais de 52 euros, de forma a igualar os 1.333,35 euros que os técnicos superiores da Administração Pública recebem a partir do nível 16.

Além da greve do SITEU, decorre desde 3 de novembro uma greve ao trabalho extraordinário convocada pelo Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor), que se vai prolongar até ao final do ano.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024
Há jazz sob as estrelas nos jardins do Palácio de Cristal
18/07/2024
Novos Tempos | A importância dos símbolos
18/07/2024
Exposição Visita-oficina orientada para os mais pequenos na Galeria Municipal
18/07/2024
Dois detidos pela prática ao crime de roubo contra o património
18/07/2024
Bilhetes para a Supertaça Cândido de Oliveira disponíveis esta quinta-feira
18/07/2024
Reabilitação de prédio em Campanhã para habitação acessível
17/07/2024
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024