Enoturismo é prioridade da Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal

A Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal tem como prioridade, para os próximos anos, trabalhar na construção e qualificação do enoturismo, que é cada vez mais procurado para complementar a restante oferta turística, revelou o presidente da organização.

Em declarações à agência Lusa, o novo presidente da Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal (ARVP), Jorge Sampaio, sublinhou que esta entidade pretende assumir-se como parceiro nacional na construção deste produto que é o enoturismo em Portugal.
"Pretendemos, nos próximos anos, trabalhar com o Turismo de Portugal, com o IVV [Instituto do Vinho e da Vinha], ViniPortugal, Andovi [Associação Nacional das Denominações de Origem Vitivinícolas] e várias entidades nacionais, no sentido de sermos parceiro privilegiado na construção, qualificação e formação do produto enoturismo no país", apontou.
No seu entender, o enoturismo é hoje um produto diferenciador dos territórios e que tem cada vez mais procura por parte do turista, para complementar a restante oferta turística.
"É um produto que vive muito do resto da oferta turística da região, mas que também ele próprio diferencia essa oferta turística. Diferencia porque cada região vitivinícola é diferente de todas as outras, por exemplo, a DOC Bairrada não há mais nenhuma no mundo", sustentou.
De acordo com Jorge Sampaio, que é também o vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia, os vinhos associados à gastronomia nacional são hoje "um fator de decisão por Portugal enquanto destino turístico".
"Somos um país de vinho de excelência, um país de turismo de excelência e temos todas as condições, conjugando tudo isto, para sermos um país de enoturismo de excelência. Quando as pessoas têm de optar pelo seu destino turístico, no caso de Portugal, a questão dos vinhos e da gastronomia são fator determinante na escolha do turista", concluiu.
Jorge Sampaio foi eleito na quinta-feira, por unanimidade, presidente da direção da Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal.
Este é um cargo que já tinha assumido em 2014, na altura em que foi constituída a ARVP. Depois disso e até hoje assumiu as funções de vice-presidente da associação.
A ARVP resultou de um projeto impulsionado pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), tendo por objetivo "fomentar um turismo de vinho de qualidade, baseado numa promoção integrada das Rotas do Vinho".
Foi a ARVP que "deu início ao projeto de modernização e reestruturação das Rotas do Vinho, inicialmente denominado WineTour, que potenciou a preservação da qualidade dos vinhos, das vinhas, do terroir e da identidade cultural, e que alavancou a economia ligada ao vinho e respetivo potencial endógeno".

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024