FC Porto (Andebol): Desfecho sofrido na despedida da Liga dos Campeões

FC Porto perdeu diante do Wisla Plock (28-27), no Dragão Arena, na 14.ª jornada do Grupo A.

O FC Porto despediu-se da Liga dos Campões com uma derrota frente ao Wisla Plock (28-27), no Dragão Arena, em partida da 14.ª e última jornada do Grupo A. Os azuis e brancos terminaram a campanha europeia na oitava posição do grupo, com cinco pontos, resultantes de duas vitórias, um empate e 11 derrotas.

Mesmo entrando em campo já sem hipóteses matemáticas de seguir em frente na competição, o FC Porto bateu-se muito bem diante do Wisla Plock, mas foi a equipa polaca a recolher aos balneários em vantagem (15-13). A etapa complementar foi igualmente equilibrada, mas tal como na inicial, os polacos foram mais felizes e acabaram mesmo por triunfar no Dragão Arena. Jack Thurin e António Areia, ambos com seis golos cada um, foram os melhores marcadores dos tricampeões nacionais.

“É terrível perder assim, mas a culpa é nossa. Tivemos várias oportunidades que desperdiçámos e, além disso, cometemos erros estúpidos. Lutámos muito para recuperar no marcador, mas não posso estar satisfeito com este resultado e com a forma como perdemos. Jogámos muito bem durante 50 minutos, mas a partir daí só fizemos asneiras. Agora temos um jogo para a Taça de Portugal que será difícil, mas temos de nos focar nas competições internas”, afirmou o treinador Magnus Andersson após a partida.

O FC Porto volta a entrar em campo no próximo domingo, às 15h00 (FC Porto TV/Porto Canal), no Pavilhão Antoine Velge, frente ao Vitória de Setúbal, em jogo a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-WISLA PLOCK, 27-28
Liga dos Campeões, Grupo A, 14.ª jornada
2 de março de 2023
Dragão Arena

Árbitros: Arthur Brunner e Morad Salah (Suíça)

FC PORTO: Nikola Mitrevski e Sebastian Frandsen (g.r.); Pedro Valdés (1), André Sousa (1), Victor Iturriza (1), Pedro Cruz (2), Nikolaj Læsø, Rui Silva (1), Daymaro Salina (4), Jack Thurin (6), Mamadou Diocou (1), Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (2), António Areia (6), Miguel Alves e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Magnus Andersson

WISLA PLOCK: Nacho Biosca e Marcel Jastrzebski (g.r.); Michal Daszek (2), Tin Lucin (9), Tomás Piroch, Abel Serdio (3), Leon Susnja (1), Gergö Fazekas, Krzysztof Komarzewski (4), Przemyslaw Krajewski (1), Mirsad Terzic, Dawid Dawydzik (1), Lovro Mihic (5), Niko Elizaga, Dmitry Zhitnikov (1) e Sergei Kosorotov (1)
Treinador: Xavier Sabaté

Ao intervalo: 13-15

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Voleibol: sete atletas de saída
14/06/2024
Museu do Carro Eléctrico regressa à atividade noturna
14/06/2024
Alunos de escola portuense vencem prémio Filme de Animação em Itália
14/06/2024
Homem detido por arremesso de pedra contra esquadra em Cedofeita
14/06/2024
Videovigilância ajuda Polícia a identificar suspeitos de violência na noite de segunda-feira
14/06/2024
“A gente não deixa e o presidente também não vai deixar, vai estar connosco”
14/06/2024
Basquetebol: captações para atletas nascidos entre 2009 e 2013
14/06/2024
STCP anuncia horários de "verão" a partir deste sábado
14/06/2024
Voleibol: sete atletas de saída
14/06/2024
Museu do Carro Eléctrico regressa à atividade noturna
14/06/2024