Jovem francês acusado de matar estudante no Porto continua a negar ter cometido o crime

O jovem francês, Anas Kataya, acusado de matar o estudante Paulo Correia à porta de uma discoteca ao lado do Coliseu do Porto, continuou a negar em tribunal, na terça-feira, que cometeu o crime. No entanto, admitiu que ficou “atormentado” na altura ao perceber que “algo de grave” se passava, por ter sido detido pelas autoridades.

O acusado, de 22 anos, está em prisão preventiva desde outubro do ano passado. Nega que se envolveu na pancadaria que levou à morte de Paulo Correia. Por outro lado, admite ter-se envolvido numa outra agressão com outra pessoa.

As testemunhas de defesa alegaram que não viram sequer Anas Kataya perto da vítima.

Além de Kataya, Jean Paul Jelali está também em prisão preventiva. Neste caso, por ofensas à integridade física.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024