No espaço de um ano, Portugal perdeu 19.578 residentes

Portugal perdeu 19.578 pessoas num ano, indicam as primeiras estimativas da população feitas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) após o Censos 2021, que situam em 10.352.042 o número de residentes no país.
“O decréscimo populacional em 2021 resultou de um saldo migratório de 25.642 pessoas, que não compensou o saldo natural negativo, agravado em 2021 para -45.220 (-38.828 em 2020)”, justificou o INE na informação hoje divulgada.
De acordo com o INE, este é um exercício ´ad hoc´ de estimativas de população residente, as quais serão revistas após a disponibilização dos resultados definitivos do Censos 2021.
Os resultados agora apurados traduziram-se em taxas de crescimento efetivo, migratório e natural de -0,19%, +0,25% e -0,44%, respetivamente.
Em 2021, o índice de envelhecimento, que compara a população com 65 e mais anos (idosa) com a população dos 0 aos 14 anos (jovem), atingiu a cifra de 184,9 idosos por cada 100 jovens (180,6 em 2020).
No final de 2021, Portugal continental contava com 9.864.372 habitantes. A Área Metropolitana de Lisboa concentrava 2.869.627 pessoas e a do Porto 1.740.117 residentes.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Entre no Museu do Carro Eléctrico e faça uma viagem mágica até 1928
12/07/2024
Alterado regulamento fiscal para apoiar investimento empresarial na cidade
12/07/2024
Estádio de Praia acolhe Circuito Nacional do Beach Teqball
12/07/2024
Porto Open está de regresso ao Monte do Aventino
12/07/2024
Corridas ilegais em plena luz do dia na Boavista
12/07/2024
“Os nossos adeptos foram absolutamente fundamentais nesta conquista”
12/07/2024
Município lança concurso para reabilitar ruas no Bonfim
12/07/2024
Homem detido por furto em viatura rua de Gonçalo Velho
12/07/2024
Entre no Museu do Carro Eléctrico e faça uma viagem mágica até 1928
12/07/2024
Alterado regulamento fiscal para apoiar investimento empresarial na cidade
12/07/2024