“Nunca esteve em causa” retirar os feirantes do cais da Ribeira

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) esclareceu esta quarta-feira que “nunca esteve em causa a retirada” dos feirantes da ribeira do Porto, depois de ter pedido à junta de freguesia para cancelar as licenças, avança o Porto Canal.

“Nunca esteve em causa a retirada da venda ambulante da ribeira do Porto até porque essa matéria é da competência da Câmara Municipal [do Porto], mas apenas garantir o enquadramento legal da ocupação do domínio público”, esclareceu a APDL, em comunicado enviado à Lusa.

Esta manhã, durante a reunião pública extraordinária do executivo municipal, o presidente da Câmara do Porto garantiu que os vendedores ambulantes poderão continuar com a sua atividade na ribeira, apesar de a APDL ter pedido o cancelamento das licenças numa carta à junta de freguesia.

“Tivemos conhecimento dessa missiva que a APDL enviou à União de Freguesias do Centro Histórico do Porto, revela o mesmo órgão de comunicação, [a pedir o cancelamento das licenças] e eu quero dizer e tranquilizar as pessoas de que a APDL não tem razão”, afirmou o independente Rui Moreira, depois de questionado pelo deputado do BE, Sérgio Aires.

O bloquista questionava Rui Moreira na sequência de uma notícia avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Notícias (JN) que dá conta de que a “APDL quer tirar vendedores ambulantes da ribeira do Porto”.

Na missiva da APDL à União de Freguesias do Centro Histórico do Porto, e a que a Lusa teve esta quarta-feira acesso, lê-se: “Reiteramos a necessidade do cancelamento das licenças de ocupação com vendas ambulantes e feirantes emitidas”.

Segundo o autarca, esta posição da APDL é resultado da “obsessão de uma senhora administradora que resolveu fazer guerra à câmara”.

Perante isto, e ainda em comunicado, a APDL salientou manter uma “boa relação institucional com a Câmara do Porto”.

“Trabalhará em conjunto com a autarquia no sentido de se encontrar a melhor solução para a resolução em definitivo desta questão”, assumiu.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024