Em
O Primeiro de Janeiro

27 Jul 2022, 0:00

143

O ESTADO DA NAÇÃO

Por Joaquim Jorge*

O debate da Nação tinha tudo para ser um bom momento para a afirmação do PSD, porém tal não sucedeu. António Costa passou com distinção mais este obstáculo.

Joaquim Miranda Sarmento é um excelente economista, mas ainda lhe falta bastante para ser um tribuno que faça mossa a António Costa.

A democracia tem destas coisas, o líder do PSD não tem assento no Parlamento, tem lá um gabinete, mas não pode confrontar o governo e António Costa no Parlamento.

Joaquim Miranda Sarmento devia ter começado a sua intervenção de outro modo, referindo que já teve um ponto de vista diferente sobre os serviços públicos e que, actualmente, a sua opinião evoluiu noutra perspectiva. Assim, António Costa confrontou-o com o que escreveu e com o que disse, que é bem diferente.

É incrível, o animal político que é António Costa e o traquejo que ao fim de sete anos adquiriu em confronto com quem quer que seja! 

Transformou os incêndios em pequenas labaredas, as dificuldades nas urgências e no SNS  em algo pontual.

Essa capacidade em pensar sempre que tudo tem solução e o optimismo exacerbado faz escola na política portuguesa. Evidentemente que tudo tem solução, só não tem solução a morte.

Porém, o governo tem tomado medidas felizes, mas pecam por atrasadas e deixam de ser assim tanto felizes.

Este governo tem pecado por quase sempre ir a reboque dos acontecimentos e não antecipar os problemas: falta de médicos, falta de professores; falta de polícias.

Nos incêndios não estou de acordo que haja um aproveitamento político, tendo em conta a vaga de calor que pairou no país.

O governo mostrou que tem meios para o combate aos incêndios, mas com as condições atmosféricas adversas: altas temperaturas e vento. Pouco há a fazer.

O único que percebeu que o PS já está em modo eleitoral foi o Chega com a sua moção de censura, o IL em economia dá cartas, mas infelizmente não passa a mensagem para todos os portugueses. Talvez isso aconteça a seguir ao Verão com a subida das taxas de juro.

 
*Biólogo, fundador do Clube dos Pensadores

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024