Em
O Primeiro de Janeiro

7 Feb 2024, 0:00

138

PJ deteta pela primeira vez na Europa nova droga sintética

Pela primeira vez na Europa, foi detetada, pelo Laboratório de Polícia Científica (LPC) da Polícia Judiciária, uma nova droga sintética, o N-desetil-isotonitazeno, numa apreensão de milhares de comprimidos falsos de oxicodona, cujo destino final não seria Portugal.

Para a sua identificação, o LPC contou com análises complementares, realizadas em colaboração com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e com o Instituto Superior Técnico.

Esta nova substância psicoativa pertence a uma classe química que surgiu recentemente na Europa, designada de nitazenos. O seu consumo evoca sentimentos de euforia seguidos de sonolência, provocando o bloqueio do sistema respiratório, sendo esta a causa principal da morte por overdose.

Desde 2019, o Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência já sinalizou 16 compostos desta classe de nitazenos, maioritariamente no norte do continente europeu.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024
Há jazz sob as estrelas nos jardins do Palácio de Cristal
18/07/2024
Novos Tempos | A importância dos símbolos
18/07/2024
Exposição Visita-oficina orientada para os mais pequenos na Galeria Municipal
18/07/2024
Dois detidos pela prática ao crime de roubo contra o património
18/07/2024
Bilhetes para a Supertaça Cândido de Oliveira disponíveis esta quinta-feira
18/07/2024
Reabilitação de prédio em Campanhã para habitação acessível
17/07/2024
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024