Portugal recebe Islândia e pode qualificar-se para o Mundial feminino

A seleção portuguesa feminina de futebol recebe esta terça-feira a Islândia, às 18h00, em Paços de Ferreira, onde pode selar um inédito apuramento para o Mundial, marcado para 2023, em encontro da segunda ronda do 'play-off' europeu de qualificação.

Depois do segundo lugar no Grupo H, atrás da Alemanha, e da vitória sobre a Bélgica (2-1 em Vizela), na primeira ronda do 'play-off', a formação das 'quinas' pode fazer história com um triunfo sobre a 19.ª seleção do 'ranking' da FIFA.

Para chegar ao Mundial de 2023, Portugal não depende, porém, apenas de si próprio, já que, dos três vencedores da segunda ronda - a Suíça recebe o País de Gales e a Escócia é anfitriã da Irlanda -, só dois seguem diretamente para a Austrália e Nova Zelândia.

As duas seleções com mais pontos contando a fase de grupos (com primeiro, terceiro, quarto e quinto) e o jogo desta terça-feira qualificam-se, enquanto a que tiver menos pontos disputa um 'play-off' intercontinental.

Nestas contas, Portugal não depende de si próprio, falhando desde logo o apuramento direto se a Suíça vencer em casa o País de Gales, num jogo também marcado para as 18h00 (em Lisboa), e a Irlanda ganhar na Escócia, a partir das 20h00.

As lusas somam 16 pontos (18-9 em golos), contra 19 das suíças (23-4) e 17 das irlandesas (26-4). A Escócia também conta 16 pontos e tem idêntica diferença de golos (22-13), mas ganha nos golos marcados, enquanto as galesas só contam 14 (13-5).

Caso supere a Islândia, mas com o pior registo, Portugal irá disputar um 'play-off' intercontinental, que ditará as últimas três vagas, na Nova Zelândia (17 a 23 de fevereiro de 2023), com China Taipé, Tailândia, Camarões, Senegal, Papua Nova Guiné, Haiti, Panamá, Chile e Paraguai.

Para a fase final, estão definidas 27 das 32 seleções, nove da Europa, nomeadamente Suécia, Espanha, Inglaterra, Dinamarca, Noruega, Alemanha, França, Países Baixos e Itália.

As outras formações já qualificadas são as anfitriãs Austrália e Nova Zelândia, mais China, Japão, Filipinas, Coreia do Sul e Vietname (Ásia), Marrocos, Nigéria, África do Sul e Zâmbia (África), Canadá, Costa Rica, Jamaica e Estados Unidos (CONCACAF) e Argentina, Brasil e Colômbia (América do Sul).

A fase final do Mundial feminino de 2003 realiza-se na Austrália e na Nova Zelândia, de 20 de julho a 20 de agosto.

O encontro entre Portugal e a Islândia, da segunda ronda do 'play-off' europeu de qualificação para o Mundial feminino de 2023, realiza-se esta terça-feira, pelas 18h00, no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira, com arbitragem da francesa Stéphanie Frappart, que terá a ajuda do VAR.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Voleibol: sete atletas de saída
14/06/2024
Museu do Carro Eléctrico regressa à atividade noturna
14/06/2024
Alunos de escola portuense vencem prémio Filme de Animação em Itália
14/06/2024
Homem detido por arremesso de pedra contra esquadra em Cedofeita
14/06/2024
Videovigilância ajuda Polícia a identificar suspeitos de violência na noite de segunda-feira
14/06/2024
“A gente não deixa e o presidente também não vai deixar, vai estar connosco”
14/06/2024
Basquetebol: captações para atletas nascidos entre 2009 e 2013
14/06/2024
STCP anuncia horários de "verão" a partir deste sábado
14/06/2024
Voleibol: sete atletas de saída
14/06/2024
Museu do Carro Eléctrico regressa à atividade noturna
14/06/2024