Programa “Galp Energia Solidária” entrega gratuitamente gás a famílias e instituições

Já está disponível o programa “Galp Energia Solidária”, que tem como objetivo reduzir os efeitos da pobreza energética e levar conforto neste inverno às famílias portuguesas que mais precisam através da oferta de garrafas de gás Galp.
 

Como beneficiar do programa Galp Energia Solidária em 5 passos simples:

1. São entregues, gratuitamente, cargas de gás a famílias indicadas por instituições de solidariedade registadas na ENTRAJUDA, bem como às próprias instituições para aquecimento dos seus espaços comuns.

2. As famílias devem procurar as instituições da sua rede de apoio social e estas devem garantir a inscrição no programa até 31 de janeiro.

3. Validados os pedidos pela ENTRAJUDA, a Galp emite códigos promocionais que permitem aos agregados em condições de elegibilidade trocar, sem custo, uma garrafa de gás vazia por uma cheia.

4. O levantamento gratuito de uma garrafa Galp implica a entrega de uma garrafa Galp vazia, sem a qual será cobrada uma caução.

5. Os códigos são aceites por todos os revendedores Galp autorizados aderentes à campanha, nos postos Galp ou nas empresas de entrega de gás em casa.

Em 2024, o programa “Galp Energia Solidária” entra na sua terceira edição tendo apoiado até ao momento mais de 200 mil pessoas e 1.500 instituições.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024
Há jazz sob as estrelas nos jardins do Palácio de Cristal
18/07/2024
Novos Tempos | A importância dos símbolos
18/07/2024
Exposição Visita-oficina orientada para os mais pequenos na Galeria Municipal
18/07/2024
Dois detidos pela prática ao crime de roubo contra o património
18/07/2024
Bilhetes para a Supertaça Cândido de Oliveira disponíveis esta quinta-feira
18/07/2024
Reabilitação de prédio em Campanhã para habitação acessível
17/07/2024
“Há muita gente que acha que as pessoas do Porto não devem dar opiniões sobre coisas de Lisboa”, diz Moreira
18/07/2024
Investigadores da FMUP alertam para riscos de injeções para rejuvenescimento facial
18/07/2024