PSD/Porto vai pedir audição Parlamentar a Pedro Nuno Santos para ouvir explicações sobre a TAP

"Temos agendada uma reunião com a comissão distrital do PSD Porto com os deputados eleitos pelo distrito para amanhã, e nessa reunião iremos mandatar os nossos deputados para fazer um pedido de audição ao Ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que será entregue na Assembleia da República já na próxima semana", anuncia Alberto Machado, presidente da Comissão Política Distrital do Porto.
Também o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), António Cunha, manifestou preocupação com a estratégia da TAP para o aeroporto Francisco Sá Carneiro, que serve o Norte do país.
"É uma preocupação para o desenvolvimento económico da região", indicando que "os aspectos da indústria" e "os aspectos do turismo" são mais relevantes para o Norte.
O presidente da CCDR-N disse à Lusa que o Norte “é a região mais exportadora do país” e tem “uma das diásporas mais importantes do país”, para além do já referido turismo e indústria.
Adicionalmente, o aeroporto Francisco Sá Carneiro serve também a região espanhola da Galiza, liderando o tráfego de passageiros em 2021 face aos aeroportos galegos de Vigo, A Coruña e Santiago de Compostela.
Em 2021, os três aeroportos galegos transportaram juntos 2,798 milhões de passageiros, segundo dados da operadora espanhola AENA, valor que é menos de metade dos 5,842 milhões que o terminal português transportou.
Perante a questão de saber se deveria ser considerado o apoio público a outras companhias aéreas para prestação de serviços no Norte, o presidente da CCDR-N respondeu que "eventualmente" esta seria uma solução.
"A questão tem de ser analisada, tem de ser vista, sim, mas é preciso encontrar condições para substituir o que foi feito pela TAP até agora e o que já não é feito, e neste momento a TAP está a servir apenas uma região do o país", sustentou.
O presidente do PSD/Porto, 
"A estratégia da TAP era “completamente inconcebível” e o deputado do BE, José Soeiro, acusou a empresa de querer transformar o aeroporto Francisco Sá Carneiro “numa espécie de paragem” de ligação a Lisboa.
A TAP afirmou que duplicou o número de voos do Porto em relação ao ano passado, um reforço que entrou em vigor este mês e vai prolongar-se até ao final do verão.
A companhia portuguesa vai operar sete rotas a menos e oferecer menos 705 mil lugares a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, ao contrário das principais empresas internacionais, que vão reforçar a sua presença a partir do aeroporto do Porto.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024