Em
O Primeiro de Janeiro

18 Apr 2022, 0:00

95

Refugiados colocam escolas sob pressão

A conhecida falta de professores não é compatível com o aumento do número de alunos em resultado da nova vaga de refugiados que chegam a Portugal.

"Este problema vai piorar uma situação já sombria”, disse Emília Costa Vicente. 
As escolas estão muito felizes por receber estes novos alunos, mas precisam de recursos, nomeadamente de mais professores. “Esses alunos muitas vezes integram-se em turmas que já estão cheias, onde qualquer outro aluno normalmente não entraria.”
Neste momento o conjunto de escolas que dirige já reúne as condições para contratar mais um professor, mas não há para contratar. Para resolver este problema, os professores permanentes estão sobrecarregados com horas extras. "Já é um problema antigo e este ano, com esta situação, vai ficar ainda pior. Além disso, na próxima década, 40 por cento dos nossos professores vão se aposentar e não tenho a certeza de como isso será resolvido, essa situação é insuportável... Temos muita gente fazendo horas extras que está perto da aposentadoria."
Segundo Emília, algumas escolas estão numa situação muito difícil. “Neste grupo de escolas, que até agora recebeu apenas 20 alunos, as dificuldades ainda não são muito complicadas, mas sabemos que há escolas com grandes lutas”, disse.
“Se perguntar a uma criança se ela quer ser professor, ninguém mais quer ser professor. Apesar das médias mais baixas, os cursos estão vazios porque não é nada atrativo. Somente os professores que realmente amam o seu trabalho mantêm seus esforços."
Ela acrescentou: "Os professores mais jovens deparam-se com isso e muitas vezes rescinde os seus contratos. Os professores preferem trabalhar num parque aquático, um laboratório ou qualquer outra coisa".
Em suma, "espero que no futuro alguém encontre uma solução para esse problema cada vez maior". 

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024
Dois homens detidos crime de contrafação na baixa do Porto
19/07/2024
Largo do Amor de Perdição recebe “FC Porto na Baixa”
19/07/2024
Muros da Rua de Miragaia vão ser reabilitados e reparados
19/07/2024
Porto Business School e Católica Porto Business School no MBA Ranking 2024
19/07/2024
Estádio do Dragão com novas regras de acesso
19/07/2024
Detido jovem de 16 anos por suspeita de pornografia de menores no Porto
19/07/2024
CCDR-N e Irmandade com protocolo para reabilitação da Torre dos Clérigos
19/07/2024
Cristina Planas Leitão cessa funções no Teatro Municipal do Porto
19/07/2024